31 dezembro, 2015

Melhores leituras de 2015

Não foi uma ano lá muito produtivo, mas apesar disso tiveram boas leituras sim. E consegui separar 10 entre elas. Quais serão?


Os Melhores de 2015


Minha Opinião - A Culpa é das Estrelas
Compre - Americanas | Submarino | Amazon


Minha Opinião - A Maldição da Casa Abandonada
Compre - Amazon


Minha Opinião - As Máscaras do Pavor
Compre - Direto com o autor

Compre  - Amazon


Minha Opinião - O Caso Laura
Compre - Americanas | Submarino | Amazon


Minha Opinião - O Código Élfico
Compre - Americanas | Submarino | Amazon


Minha Opinião - O Museu dos Horrores
Compre - Direto com o autor


Minha Opinião - O Rei de Amarelo
Compre - Americanas | Submarino | Amazon


Compre - Americanas | Submarino | Amazon


Minha Opinião - Sombra de Um Anjo 
Compre - Americanas | Submarino | Amazon

E quais foram as suas melhores leituras?

30 dezembro, 2015

Mesa / Estante - A mais nova integrante do QG

E eis que a mesa / estante foi finalmente montada.
E devo confessar, que estou babando. É linda, prática e resistente.
O post é apenas pra complementar as informações do vídeo abaixo, acrescentando mais detalhes.


MEDIDAS




Alguns detalhes importantes

  1. O móvel foi comprado pela internet durante a black friday, então pagamos um preço bem menor do que o atual;
  2. Como não foi comprado em loja física, não tinha a possibilidade de contratar o montador na hora da venda. Ele foi contratado depois, e devo confessar que me arrependi. A montagem do móvel é fácil, e não requer muitas habilidades. Se tiver a ajuda de alguém pode montar você mesmo, e economizar por volta de R$ 200,00;
  3. O valor varia conforme a cor do móvel, o branco é mais barato e o tabaco (que é o que adquiri) é um pouco mais caro.

Sem sombras de dúvida, é um móvel bem versátil. A única coisa que não posso avaliar é a duração. Isso só com o tempo. No mais, recomendo e muito a compra.


Compre:  Americanas | Submarino | ShopTime

29 dezembro, 2015

O Corvo: Um Livro Colaborativo

E tudo começou assim...

O Corvo: Um Livro Colaborativo

Um projeto lindo e uma ideia fantástica.


Projeto pronto

E nós acreditamos na ideia, sonhamos com o projeto e ele se concretizou.



O Corvo - Edição Trilíngue





O Corvo: Um Livro Colaborativo





E pra melhorar tudo, no dia 14.12.2015 teve o evento de lançamento na UNIBES em São Paulo. E é claro que aproveitei pra tietar os escritores, e garantir alguns autógrafos e fotos. 

Sessão de autógrafos parte 1

Sessão de autógrafos parte 2

Sessão de autógrafos parte 3
Wagner Miranda (Foto - Reprodução/Editora Empíreo)
Victor Otaviano (Foto - Reprodução/Editora Empíreo)
Dani Fran e Kelly Shimohiro (Foto - Reprodução/Editora Empíreo)
Melvin Menoviks

André Vianco (Foto - Reprodução/Editora Empíreo)

Compre na Editora Empíreo | O Corvo: Edição Trilíngue | O Corvo: Um Livro Colaborativo

19 dezembro, 2015

Distopia de Kate Willians

Livro - Distopia
Autora - Kate Willians
Editora - Arwen - 318 pgs

O próprio título já nos dá ideia do que encontraremos aqui, uma distopia.

Como nas distopias em geral, a história acontece num futuro pós-apocalíptico. A narrativa nos é contada em terceira pessoa, e os fatos descritos ocorreram após o que eles chamam de Grande Guerra. Após esse evento, o que restou do mundo é dividido em Governantes e Governados. Os jovens Governados são recrutados aos 7 anos, onde saem de casa pra viverem e servirem ao Regimento, sob um regime militar extremamente duro e exigente. Lá, eles aprenderão a arte da guerra, a lutar, a se defender, manusear armas. Enfim, são treinados para serem soldados.

Nesse novo mundo existe um sistema muito parecido com as castas na Índia, onde se você é um Governante, sempre será Governante. Seus filhos ou descendentes próximos ocuparão o seu cargo no futuro, e o mesmo ocorre com os Governados. Independente de quem são, todos são oprimidos de alguma maneira, mas existe no ar um desejo por mudanças. E é nesse clima que conhecemos Laura, filha do Coronel do Norte, uma futura Governante e Thiago, um Governado que desde muito cedo teve que abrir mão de tudo em nome do Regimento.

Antes de mais nada, eu gostei do livro. Porém, encontrei alguns coisas me incomodaram um pouco.

Apesar de ser uma edição com uma parte gráfica muito bem caprichada, existem vários erros de revisão. Nenhum deles distorce o entendimento do texto ou prejudica na dinâmica do mesmo, mas existem.

Sou fã e muito de distopias, porém tenho percebido em várias das atuais um apelo romântico. Eu entendo isso. Sem dúvida, é um chamariz pro público jovem. As distopias clássicas, não focam nisso, talvez por esse motivo não atraiam tanto os jovens como as contemporâneas. E talvez eu já esteja um pouco velha e ranzinza demais. Mas eu queria loucamente saber mais sobre o mundo da história, os detalhes, e o foco fica mais nas personagens da Laura e do Thiago, que desde as primeiras páginas já sabemos que terão um romance. Não tenho nenhum problema com romances, mas não gosto de quando eles deixam de ser o pano de fundo para se tornarem o foco principal de uma história onde o  plot principal não é um romance.

Contracapa
Outra coisa, e essa realmente me desagradou absurdamente. O uso excessivo da ação "revirar os olhos". Não é o primeiro livro que eu vejo com esse problema, e como nos outros não me agrada nem um pouco. A ação de revirar os olhos remete a enfado, incômodo, tédio, chateação, saco cheio e por aí vai. Eu poderia citar mais um monte de sinônimos ou onomatopeias que indiquem essa ação. Se existe um vocabulário tão rico, por que não usá-lo em substituição em alguns momentos? Marquei todas as vezes que lia isso, e passou das 50. Em algumas páginas tinha 3, e por mais de uma vez, eram 2 ou mais personagens fazendo isso ao mesmo tempo. No final, até eu estava revirando os olhos.  

Início dos capítulos
Apesar de ser o primeiro livro da autora, a escritora dela é dinâmica, fluida e envolvente. Então, acredito que esses problemas possam ser facilmente resolvidos numa próxima edição.
 
Divisão das narrativas das personagens
Como já disse anteriormente, a parte gráfica do livro é algo fantástico. A capa é uma das mais lindas que já vi em uma edição nacional. O trabalho interno também é muito bom. Sempre no início dos capítulos temos uma ilustração, e no meio dele outra (ilustração) que remete a uma explosão, pra separar os momentos onde o foco muda de personagem. Dentro da maioria dos capítulos temos o que a autora chama de Interlúdio, que é quando a história dá um salto no tempo, e vamos direto pro passado. Esses momentos me agradaram demais, pois aí podíamos conhecer um pouco mais sobre a história de como o mundo se tornou o que é no momento.

Nesses momentos viajamos para o passado
Em resumo, o plot da história me agradou bastante, e apesar de alguns detalhes, gostei muito da leitura. As personagens são interessantes e de um modo geral carismáticas. Como primeira incursão no mundo da literatura a Kate está bem encaminhada. Sem dúvidas podemos esperar excelentes histórias no futuro. 

Compre na AmazonAmericanas | Submarino  

12 dezembro, 2015

CCXP 2015 - Stands de Editoras

E quem disse que na CCXP não tinha livro? Tinha sim senhor, e muitos diga-se de passagem. Eu havia ido na edição de 2014, e em comparação com a desse ano, tinham mais editoras e elas ganharam um espaço maior no meio do evento. 

No ano de 2014, apenas a Aleph e a Leya ocupavam os corredores centrais. Nesse ano, além das 2 citadas, nós tínhamos a Record, a Intrínseca, a Cia das Letras e a Devir. A Novo Século e a JBC, ocupavam espaços menores em um corredor lateral. Também tinha a Saraiva, a Panini, com sua já conhecida fila quilométrica, e a Comix (pra quem não conhece, é uma loja situada em São Paulo, onde você encontra tudo sobre HQs). 

Mapa 2014

Mapa 2015

Os livros sobre Star Wars ocupavam local de destaque em todas, mas tinha espaço pra romance, suspense, ficção e muito mais.

Melhor do que falar, é ver um pouquinho como estava tudo isso por lá.



E como não podia deixar de ser, aproveitei a ida à CCXP pra tietar vários autores que estavam por lá.

Chris Taylor - Como Star Wars Conquistou o Universo
Evangeline Lilly - Os Molanbolengos
Felipe Castilho - O Legado Folclórico
Timothy Zahn - Trilogia Trawn
Hiro Kiyohara - Ilustrador do manga Another

 E não é só isso. Ainda teremos informações sobre painéis e a Artits' Alley. Aguarde e confie!!!





08 dezembro, 2015

CCXP 2015 - Entrevista com Affonso Solano

Cada dia na CCXP foi uma experiência inesquecível. Dentre muita coisa batuta que aconteceu por lá, o Rei dos Escritores Affonso Solano, gentilmente cedeu uma entrevista pro Profissão: Leitora em parceria com o canal Flynns. 

Ele esteve presente todos os dias no stand da Editora Leya, autografando sua série de livros O Espadachim de Carvão. Já li o primeiro volume e dei minha opinião sobre ele aqui no blog, e você pode conferir o que achei clicando no link.

Além de tudo isso, e outras tantas coisitas mais, ele também esteve presente no stand da Best Toy pro lançamento da estátua do Adapak, protagonista da sua série de livros.

Foto - Reprodução/Flynns
Chega de enrolação! Bora assistir a entrevista e conhecer um pouquinho mais desse moço?


E isso é só o começo, ainda faremos review da estátua. Preparem-se!

;D

CCXP 2015 - Saldo Literário

A CCXP 2015 foi épica e já estou com saudades. Queria uma dessas todo final de semana, porém tudo que é bom dura pouco. Nesse post você encontra um vídeo, onde eu mostro todos os livros que foram autografados por lá, e logo abaixo tem mais informações sobre cada uma das obras. 


Conheça um Pouquinho Mais de Cada Obra

Entre em contato com o autor

Compre aqui

Compre aqui

Compre aqui

Compre aqui

Em breve nas livrarias

Compre aqui

Entre em contato com o autor

Compre aqui

Compre aqui

Compre aqui

Compre aqui

Compre aqui

Compre aqui

Entre em contato com o autor

Isso é apenas um breve resumo de tudo que aconteceu por lá. Vem muito mais nos próximos dias.

;D